Tragédia em Janaúba revela o descaso contra povo

Escrito por LCP do Norte de Minas e Sul da Bahia
Publicado em 20/10/2017
Categoria: Notícias

Nós, do Movimento Feminino Popular e Liga dos Camponeses Pobres, compartilhamos a dor dos familiares das crianças e trabalhadoras mortas e atingidas pelas chamas no incêndio na creche gente inocente no dia 05 de outubro, na cidade de Janaúba. Compartilhamos com pesar por este terrível acontecimento que se revelou como o desfecho de uma tragédia anunciada!

Esta terrível e chocante tragédia nos revela a situação miserável dos dois principais hospitais da “segunda maior cidade do Norte de Minas” que é o retrato do sistema público de saúde no Brasil. Diante da exigência do atendimento às vítimas não tinha sequer luva cirúrgica, agulhas, gaze, dipirona e menos ainda pomada bactericida para queimaduras.

Diante de um quadro lastimável de abandono, esse sim, CRIME PREMEDITADO DO ESTADO, que desde o governo federal, com o bandido Temer à cabeça e sua quadrilha que congelou os gastos com saúde e educação por 20 anos, cortou verbas para todos os municípios, ao governador do Estado Pimentel/PT que teve o descaramento de viajar de helicóptero com sua turma até a cidade, gastando dinheiro para se exibir afagando as mães e crianças diante da TV, enquanto dizia que tudo que podia ser feito estava sendo feito e ao Prefeito de Janaúba que ficou fazendo mil promessas demagógicas lá de Brasília e que por todos os meios tenta se livrar das responsabilidades. Também os monopólios de imprensa que aplaudiram as medidas de cortes nos gastos públicos e agora se dizem escandalizados!

O Hospital Regional de Janaúba e o Fundajan estavam prestes a fechar e os profissionais estão trabalhando sem receber há mais de 3 meses! Quantas outras crianças e demais pacientes já não morreram à míngua nestes hospitais, porque sequer foram atendidas ou foram enviadas à Montes Claros por falta das mínimas condições de atendimento, quantas não morreram neste trajeto como a criança que não suportou os ferimentos ao ser transferida!?

Sem contar, a situação absurda que se encontra em Montes Claros que recebe casos de toda a região, que tem pacientes graves, incluindo crianças e idosos amontoados nos corredores, morrendo por infecção hospitalar, por falta de leitos e pior ainda quando se trata de vaga no CTI. Esse é o retrato da Santa Casa, do Aroldo Tourinho e pior ainda do Alfeu de Quadros. No caso das crianças de Janaúba, que gerou uma grande repercussão, a solução foi dar alta forçada à vários pacientes destes hospitais, para então, receber atendimento adequado (que deveria ser para todos) os novos pacientes que chegavam.

A Tragédia em Janaúba é crime do governo Temer/PMDB/PSDB, Pimentel/PT e Isaildon Mendes/ PSDB, contra o povo!

Esta tragédia anunciada diante do quadro de doença mental que se encontrava Damião Soares dos Santos que apresentou varias manifestações de seu agravamento com delírios e declarações de que iria se matar, até o fatídico dia em que foi entregar o atestado médico, cometendo este ato insano que levou a morte de 11 pessoas, incluindo ele próprio. E qual providência foi tomada antes? Junto com Damião padecia também a sua família que acompanhando o seu drama, nada pode fazer para salvá-lo deste destino horrível. Quantos Damião não estão por ai, sendo obrigados a continuar trabalhando no serviço público, como escolas, hospitais e outros órgãos, mesmo estando doentes, porque o sistema de perícias e a burocracia do Estado nega o afastamento e por fim o direito a um justo tratamento, diante de um quadro de sofrimento mental?

Para o povo falta terra, água, moradia, educação de qualidade, empregos dignos, tratamento de saúde e sobra violência e injustiça. Como no caso da expulsão dos posseiros das terras de Cachoeirinha, no período do regime militar fascista, onde morreram 62 crianças de fome, frio e sarampo vítimas dos ataques do coronel Georgino do 10º BPM de Montes Claros. Como ocorreu também com os quilombolas Gorutubanos.

Mas nada disso interessa para os imperialistas, burgueses e latifundiários, que além roubarem a terra destes camponeses descendentes de negros e índios; explorarem sua força de trabalho; os condenarem a quase nenhuma assistência médica e a uma educação que só com o heroísmo e a consciência de classe das professoras e demais profissionais é possível apreender alguma coisa; pois além de tudo isso, através do monopólio da imprensa essa canalha quer usurpar a dor do povo, chorar para mostrar que estão chocados, que não imaginavam que pessoas viviam nestas condições ...

O Brasil está desse jeito, numa crise profunda e esta tragédia revela como tem sido a vida de sofrimento e humilhação do povo! Só a construção de um novo Estado, Estado Popular que atenda as necessidades do povo pode dar solução aos problemas de nosso país! E este Estado não surgirá de eleições podres e corruptas e sim da luta do povo para por abaixo essa velha ordem, através de uma Revolução Democrática, que se inicia com a Revolução Agrária.

LCP - Liga dos Camponeses Pobres do Norte de Minas e Sul da Bahia

MFP - Movimento Feminino Popular
   

Notícias relacionadas « » leia também:

Sem notícias relacionadas para exibir nessa página.


   
     
   
» Todo o conteúdo pode ser copiado e reproduzido desde que citada a fonte «